Impactos na saúde da população frente aos efeitos da poluição urbana nas margens do Riacho do Meio no município de Imperatriz/MA: uma revisão integrativa

  • Edivaldo Silva Pinheiro Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais- UNITAU
  • Marcelo Santos Targa Universidade de Taubaté
  • Ângelo Ricardo Balduíno Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins
  • Celso de Souza Catelani Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas

Resumo

O presente estudo tem como objetivo descrever os impactos na saúde da população frente os efeitos da poluição urbanas nas margens do riacho do meio no município de Imperatriz. Trata-se de uma revisão integrativa, elaborada a partir de estudos das bases de dados da Scientific Electronic Library Online (SciELO), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILCAS) e Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Os critérios de inclusão para compor a amostra foram estudos completos publicados em português ou inglês, dentro de um recorte temporal de 2015 a 2020. As doenças mais comuns nas proximidades do riacho são febre amarela, febre tifóide, dengue e a diarréia, ocasionado pela proliferação de mosquitos e animais, transmissores dentro do riacho. É fundamental a participação de toda a população em ações educativas voltadas para precaução, a fim de possibilitar a identificação dos fatores de risco, assim como a execução de medidas preventivas, transformando-os em coparticipantes do processo preventivo.

Publicado
Dec 30, 2021
##submission.howToCite##
PINHEIRO, Edivaldo Silva et al. Impactos na saúde da população frente aos efeitos da poluição urbana nas margens do Riacho do Meio no município de Imperatriz/MA: uma revisão integrativa. Revista Técnica Ciências Ambientais, [S.l.], v. 5, n. 2, p. 1-8, dec. 2021. Disponível em: <http://agro.unitau.br/repositorio/index.php/rca/article/view/78>. Acesso em: 20 may 2022.